Música: Um pouco de história Disciplina

Música: Um pouco de história Disciplina

Não é à toa que os gregos antigos colocavam essa arte entre as bases do homem ideal, ao lado da destreza física, da matemática e da literatura. Além de Bach, os compositores mais famosos de música clássica são Wolfgang Amadeus Mozart e Ludwig van Beethoven. A história do Pop se inicia um pouco antes, na década de 30, pois foi nesse período que surgiram estilos que influenciariam mais tarde o desenvolvimento do gênero, como o Blues e o Country. De fato, os cantores mais famosos da década de 50 foram Bing Crosby, Frank Sinatra, Dean Martin e indiretamente, Elvis Presley. O jazz e o blues são vistos hoje como gêneros de importância para a fundação de todos os estilos contemporâneos, assim como as músicas clássicas o fizeram. Baseadas na improvisação e na estrutura clara de chamada e resposta, esses estilos se tornaram os principais na mídia durante os anos 60.

Por exemplo, uma pesquisa da Universidade de Barcelona, mostrou que, quando gestantes ouvem música sem fone ou cantam para seus bebês durante a gestação, eles nascem com uma melhor habilidade neural sobre codificação de sons. Com o avanço de novas tecnologias as composições deixaram de ser apenas sobre instrumentos de percussão e sopro, agora abrangendo os sons feitos por máquinas. Foi aí que veio a música eletrônica, criada por meio de softwares e remixadas em computadores.

A partir deste momento, a humanidade atentou-se para a grandeza de Bach como compositor; e especialmente como um compositor que tinha o propósito de glorificar e amar a Deus através da música. Felix Mendelssohn Bart Bartholdy foi o responsável pelo resgate de suas obras, popularizando Bach com a composição Paixão Segundo São Mateus, BWV 244. Inevitavelmente, com o reconhecimento do valor, movimentos menos interessantes também surgiram dentro do próprio homem. A cultura que existia até então era teocêntrica e se tornou antropocêntrica. A Igreja Católica, em sua expansão cultural, deixou um legado para toda a humanidade, algo que continuou na Renascença.

Conheça a história de 1º de abril, Dia da Mentira

O termo “clássico” deriva do latim “classicus”, que significa cidadão da mais alta classe. Este período da música é marcado pelas composições de Haydn, Mozart e Beethoven (em suas composições iniciais). Neste momento surgem diversas novidades, como a orquestra que toma forma e começa a ser valorizada.

Onde surgiu o música?

Com uma cartela de opções mais variadas, o público começa a ter contato com outros tipos de música. No século XX, a música ganha nova roupagem e uma grande transformação ocorre com o surgimento do rádio. Tais preocupações se refletiram também na música, que apresentava características mais universais e buscava se distanciar dos costumes da Igreja. Uma importante compositora medieval foi Hidelgard Von Bingen, também conhecida como Sibila do Reino.

O tempo mede a duração de um som na música, mas diferentemente como o tempo medido usando um relógio comum. A relação entre o tempo e a duração das notas musicais dá origem ao ritmo. A sucessão de sons organizados proporciona um sentido musical ao ouvinte. É a melodia que permanece na memória depois de se ouvir uma canção. Entre os mais variados vestígios da antiga Mesopotâmia, constam harpas, criadas pela população assíria (com uma idade que beira os 800 a. C.) Vale ainda destacar o apelo religioso das primeiras composições. No antigo Egito, por exemplo, havia uma espécie de “sinfonia”, manifestada a partir de corais, flautas e harpas.

EcoMusic, o festival da música sustentável

A melodia entoada por pássaros ou a repetição harmônica das ondas marinhas são música. Alguns artistas também passam a incorporar novos elementos em suas produções, como instrumentos até então pouco explorados e objetos sonoros. No Classicismo, que corresponde ao período em torno de 1750 e 1830, a música adquire objetividade, equilíbrio e clareza formal, conceitos já utilizados na Grécia Antiga. Foi um período bastante fértil e importante para a música ocidental e apresentava novos contornos tonais, com a utilização do modo jônico (modo “maior”) e modo eólio (modo “menor”). Uma característica significativa da música nesse período foi a polifonia, que compreende a combinação simultânea de quatro ou mais sons.

Música na Mesopotâmia

Apesar de se ter conhecimento a respeito dos primeiros instrumentos usados por seres humanos, estudiosos ainda não conseguem ter certeza sobre as origens da música. Todas as informações a respeito do primeiro contato dos seres vivos com a sonoridade musical são baseadas em teorias — desenvolvidas a partir dos resquícios musicais deixados por neandertais. A sertanejo antigo música é um meio de comunicação universal, a arte de combinar sons e o silêncio de forma harmônica, de maneira a tocar a alma de quem está ouvindo. Ela possui a capacidade estética de traduzir valores, sentimentos, e até mesmo atitudes de qualquer cultura. Seja no carro do vizinho ou da juke box do boteco perto da sua casa, sempre há alguma música tocando.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *